X

Análise de tráfego usando o tcpdump

Monitorando conexões: O tcpdump é um dos mais, se não o mais “famoso” sniffer para sistemas GNU/Linux. Com ele podemos realizar análises de redes e solucionar problemas. Sua utilização é simples e sem mistérios, bastando apenas ter os conhecimentos básicos de redes TCP/IP. Esta dica é apenas uma introdução deste sniffer, maiores informações e documentação à seu respeito podem ser encontradas em seu site oficial:

A instalação do tcpdump em sistemas Debian é super simples, bastando executar o comando abaixo como super usuário (root):

# apt-get install tcpdump

Para iniciarmos a utilização do tcpdump precisamos especificar a interface de rede que queremos analisar com o parâmetro -i seguido da interface desejada, por exemplo, se quisermos analisar todo o tráfego que passa pela interface eth0, executaríamos a seguinte linha de comando:

# tcpdump -i eth0

Conexões de origem podem ser monitoradas utilizando o parâmetro src host, um exemplo simples seria monitorarmos o tráfego que vem de 192.168.0.9 para nosso computador, com o ip 192.168.0.2. A linha de comando ficaria da seguinte forma:

# tcpdump -i eth0 src host 192.168.0.9

Se quisermos monitorar as conexões especificando um host de destino, poderíamos fazê-lo com o parâmetro dst host, o exemplo abaixo mostra todo o tráfego do host 192.168.0.2 com 192.168.0.1, no caso, 192.168.0.1 é nosso gateway.

# tcpdump -i eth0 dst host 192.168.0.1

Com tcpdump também podemos especificar exceções com o parâmetro not host, por exemplo, em nosso servidor queremos ver todo o tráfego que se passa em sua interface, exceto o de 192.168.0.8, faríamos da seguinte forma:

# tcpdump -i eth0 not host 192.168.0.9

No tcpdump podemos também especificar portas de origem e destino com os comandos src port e dst port, um exemplo seria monitorarmos o tráfego destinado à porta 80 (http), para isso utilizaríamos a linha de comandos abaixo e navegaríamos em um site qualquer:

# tcpdump -i eth0 dst port 80

Para verificarmos o tráfego da porta de origem 32881 por exemplo, faríamos da seguinte forma:

# tcpdump -i eth0 src port 32881

Muitas opções avançadas podem ser obtidas com o tcpdump, essas são algumas opções básicas, porém fundamentais para quem quer aprender sobre sniffers.

Fonte http://www.vivaolinux.com.br/dica/tcpdump-Monitorando-conexoes

Algumas opções adicionais para testes com TCPDUMP
tcpdump -n -i eth0
tcpdump host 192.168.1.10
tcpdump port 80
tcpdump -n -i eth1 -w verif.cap
tcpdump -r verif.cap -tttt
tcpdump -r verif.cap -s 500
tcpdump -r verifi.cap -n -x -s 500